quarta-feira, fevereiro 14, 2007

MINHA MÃE


Fumando cachimbo
Pintando o cabelo
Pedalando na Singer


A missa diária
O terço noturno
(os joelhos tinham as marcas das rezas)
A cadeira de noite na calçada.


O mesmo mel comendo
Os mesmos benditos entoando
O mesmo livro lendo.


Batendo boca com meu pai.

Um comentário:

ACANTHA disse...

Lendo, entendi porque dizem que todas as mães são iguais...