domingo, maio 09, 2010

MINHA MÃE



Fumando cachimbo
Pintando o cabelo
Pedalando na Singer

A missa diária
O terço noturno
(os joelhos tinham as marcas das rezas)
A cadeira de noite na calçada

O mesmo mel comendo
Os mesmos benditos entoando
O mesmo livro lendo

Batendo boca com meu pai.


NENÉM

Mãe, te chamavam de Neném
E hoje percebo que era teu nome real
Porque neném nunca deixaste de ser.



14 comentários:

Ilaine disse...

Belíssima homenagem para uma linda mamãe-neném.

Um abraço. Um carinho.

Jacinta Dantas disse...

Caramba, Francisco!
Mãe deveria ser assim, do jeitinho que você a descreve, para todos os filhos. Aqui, nos seus versos, vejo também a minha Mãe Maria, que nesse exato momento, prepara-se para ir à Igreja participar da Missa dominical.
Grande abraço e bom domingo

Jota Effe Esse disse...

Pego uma carona em tua homenagem a dona Neném para homenagear também minha saudosa mãe, de nome Elisa, e estender essa homenagem a todas as mães, todas merecedoras! Meu abraço.

nina rizzi disse...

que bonito, sobreira. conheço pouco teus versos, e quando os leio, te sinto tão levinho como uma pluma, voando... e eu gosto de me sentir assim também apaziguada.

sua mãe é linda (lavínia, quando chama alguém de lindo, fala de amor, é um sinônimo de "eu te amo"). já havia me encantado or ela, com seu zelo todo ao ler a tua fortaleza da infância. e agora fiquei a imaginar ela a bater boca com seu pai "ô saudade do meu minino, sabia que ele devia ter ficado por aqui", ou algo assim.

o meu beijo pra vc e sua memória tão linda.

ps: na sexta eu estou por aí, passe o teu telefone de novo pra mim, por favor: ninarizzi@gmail.com
aquele ficou numa agenda que já findou... vai ser bom te ver novamente :)

beijos.

Mariazita disse...

Querido amigo Francisco
Muito bonita a homenagem que vc presta à senhora sua Mãe.
E que coisa linda um filho dizer para sua Mãe que ela nunca deixou de ser neném!
Significa que vc tem um coração puro.
Um dia muito feliz para si e para a Mãe de seus filhos :)

Beijinhos

Marco disse...

Puxa, amigo Sobreira... Que belo poema, que bela homangem à sua mãezinha. As imagens foram tão fortes que eu cheguei a vê-la pilotando a Singer...
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Lili disse...

Querido Sobreira,
que singela homenagem... ♥
Hj é um dia muito lindo! Dia das nossas rainhas, aquelas que nos deram o que temos de mais precioso!
E delas guardamos as mais amorosas lembranças.
A minha mãezinha é viva e eu sou a pessoa mais feliz do mundo por isso!!
Um beijo com meu carinho

José Viana Filho disse...

belissima homenagem a sua mae!!!

Abs e boa semana!!!

DILERMArtins disse...

Mas bah, Francisco.
Acostumado ao delite de sua prosa, hoje me encantei com seu verso...
Lê-lo traz ao espírito o mesma sensação que uma rede na varanda dá ao corpo...
Parabéns!

Claudinha ੴ disse...

Querido amigo... Já conhecia dona Neném pela foto. Imagino o quanto ela esteja feliz com sua homenagem!
Ser mãe é ser emoção pura, amor verdadeiro e intenso!
Gostei muito!

Beijos!

Dilberto L. Rosa disse...

Quer dizer que elém de um excelente escriba prosador, ainda mandas tão bem nos versos?! Belíssimos poema e homenagem: parabéns a sua mãe amada e às lembranças tão singelas que dela tens e que conosco compartilhou! Grande abraço, bom filho!

. fina flor . disse...

ai, que lindo, querido!!!

que delícia ter uma mãe neném

beijos e bom fim de semana

MM.

tb disse...

delicioso! Muitos beijinhos

tonico disse...

CHIQUINHO... Dona Nenem, foi sem dúvida, uma estagiária de Deus aqui entre nós. Cumpriu belíssima tarefa. O mais sublime dela foi nos presentear com um punhado de filhos e filhas da maior bem querença do Canindé.

Obs: Fiz alguns comentários com relação aos seus relatos sobre CINE CANINDÉ, TIME DO QUINCAS ETC.
Um abraço do ponta esquerda: Tonico Marreiro.